Deolinda Maria - Se os meus olhos ja nao choram (F#)



FADO RAUL PINTO
Deolinda Maria - Se os meus olhos já não choram (F#)

Se os meus olhos já não choram
Sobe aos rochedos aguços
E do alto diz ao mar
Que as esperanças se evaporam
E eu não tenho mais soluços
Nem mais pranto pra chorar

Vai à praia e diz à areia
Que se vir a maré cheia
A subir pé ante pé
Diz a essa malfadada
Que ando triste estou cansada
De remar contra a maré

Plo caminho diz ao vento
Que não ande mais nas rondas
Que não rasgue mais as velas
E se ouvir o meu lamento
Que não cave tanto as ondas
Que não não baile assim com elas

Diz áquela nuvem parda
Que parece estar de guarda
Ao luar que se apagou
Que o meu bem já se demora
Foi num barco plo mar fora
E esse barco não voltou

Nenhum comentário:

Postar um comentário