Joao Casanova - Fiz do vento a minha cama (G)




FADO PEDRO RODRIGUES
Joao Casanova - Fiz do vento a minha cama (G)

Hoje acordei revoltado
Porque não sonhei com nada
Nem por um breve momento
E como guerreiro alado
Por não ter sonhado nada
Fiz minha cama de vento

Logo vingo-me no fado
Esse amigo, esse malvado
Que gosto e tanto me ama
Talvez depois eu me sinta
Com coragem, até minta
Ao vento, na minha cama

Abro a cama no momento
P’ra não acordar o vento
Porque de tudo é capaz
Faço amor com sua imagem
Faço dele o personagem
P’ra poder sonhar em paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário