Manuel de Almeida - Fado Corrido (A)



FADO CORRIDO
Manuel de Almeida - Não me mandes mais saudades (A)

Não me mandes mais saudades chegam-me bem só algumas
Mandas tantas que eu receio que fiques sem nenhumas

Sabendo que te perdi tudo fiz para te esquecer
E agora tenho saudades, suadades de já não ter
E agora tenho saudades, suadades de já não ter

Quando o remorso vier murar dentro do teu peito
Então e que vais saber Todo o mal que me tens feito
Então e que vais saber Todo o mal que me tens feito

Até a propria saudade ás de ter ao estar sozinha
Será tua na verdade depois de ter sido minha
Será tua na verdade depois de ter sido minha

Nenhum comentário:

Postar um comentário