Manuel de Almeida - Os teus olhos (F)



FADO DOIS TONS
Manuel de Almeida - Os teus olhos (F)

Meus olhos que por alguém
Deram lágrimas sem fim
Já não choram por ninguém
Basta que chorem por mim

Gosto muito dos teus olhos
Ainda mais gosto dos meus
Se não fossem os meus olhos
Não podia ver os teus

E se o sol perdesse a luz
Por ordem do próprio Deus
Ia pedir a Jesus
Só a luz dos olhos teus

Arrependidos e olhando
A vida como ela é
Meus olhos vão conquistando
Mais fadiga e menos fé

Choram cheios de amagura
Mas se as coisas são assim
Chorar alguém que loucura
Basta que chorem por mim

Nenhum comentário:

Postar um comentário